Amigos, amigos, cervejas à parte? Produção de cervejas colaborativas.

Produção de cerveja colaborativa Albanos
09/12/2019

Amigos, amigos, cervejas à parte? Produção de cervejas colaborativas Albanos


Produção de cervejas Colaborativa

 

Cada mestre cervejeiro tem seu próprio estilo na produção de cervejas, gostos e vivências. Então, por que não unir a experiência de vários para criar receitas diferentes?
Afinal de contas, o mercado cervejeiro é múltiplo e somar os conhecimentos é uma ótima forma de fomentar o mercado, expandir o potencial criativo e, claro, produzir cervejas ricas e de alta qualidade.
Pensando nisso, a Cervejaria Albanos busca reunir seus amigos cervejeiros para parcerias para novos lançamentos.

 

Produção de cervejas colaborativas - Cervejaria Albanos

 

BRUTeaApa: a nova produção de cerveja colaborativa com chá

 

Desde o início de 2019 a Albanos tem lançado receitas inovadoras com chá. As cervejas com o ingrediente têm chamado a atenção dos apaixonados pela cerveja artesanal e despontam como uma tendência no mercado.

Foi após uma viagem à terra do chá da tarde, Londres, que os mestres cervejeiros de quatro marcas mineiras decidiram criar uma nova receita com chá.

Foi lá que a Extra Special Bitter (ESB) Albanos ganhou a Medalha de Prata como a segunda melhor do Brasil, no World Beer Awards 2019, e onde a parceria surgiu.

Voltando de viagem, reuniram-se no Hub Albanos Sion os mestres cervejeiros da Albanos, Capapreta, Sátira e Caraça. Do encontro, surgiu a chamada BRUTeaAPA, uma APA Brut com chá, ou seja, uma mistura do estilo American Pale Ale com a tradicional bebida inglesa.

Muitos testes e ajustes foram realizados até que se chegasse à fórmula ideal. O chá é o segredo para ressaltar ainda mais as notas frutadas e cítricas do lúpulo americano e equilibrar o amargor da cerveja.

 

Produção colaborativa de cerveja - Cervejaria Albanos

 

As colaborações extrapolam as fronteiras

 

Em 2018, a Cervejaria Albanos ultrapassou as fronteiras nacionais em expedições pela Europa, expandindo sua atuação em novos mercados, o que resultou em parcerias internacionais para produção de cervejas.

Brasil e Portugal se encontraram em uma colaboração cervejeira. Nicolas Billard, da Cervejaria Vadia, visitou a fábrica Albanos, em Minas Gerais, para uma produção colaborativa. Junto com o mestre cervejeiro do Albanos, Pablo Carvalho, nasceu o resultado dessa mistura lusitana, a Sour com Acerola.

 

Belo Horizonte polo cervejeiro do país

 

A verdade é que Belo Horizonte se tornou nos últimos anos um dos principais polos cervejeiros artesanais do país, sendo conhecida como a Bélgica brasileira.

Dados de 2018 do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e do Sindicato das Indústrias de Cerveja e Bebidas em Geral de Minas Gerais (SindBebidasMG), mostram que são cerca de 90 cervejarias no estado, algumas entre as mais importantes do país, com diversas premiações internacionais.

Por isso, poder reunir as expertises de quem mais entende de cerveja artesanal é um grande passo para fortalecer o mercado e a cultura cervejeira do Brasil.

 

Novos rótulos colaborativos vêm por aí! Fique de olho nas nossas redes sociais e acompanhe os próximos lançamentos.

Enquanto isso, que tal experimentar a nova Chocolate Stout com doce de laranja-da-terra, produzida dentro do projeto Da Origem ao Copo? Saiba tudo sobre a cerveja!

0